Site Tools


carminativos

Carvão Vegetal Ativado

Indicações

Seu uso é indicado em caos de dores no estômago, mau hálito, aftas, gases intestinais e intoxicações.

Algumas fontes indicam, ainda, que o carvão mineral ativado pode auxiliar na restauração óssea em casos de fraturas e osteoporose, na redução da estafa e estresse, e tratamento de tumores e úlceras.

Como ele age?

O carvão vegetal ativado, cujo nome botânico é Carbo activatus, é preparado a partir da queima controlada, com baixo teor de oxigênio, das partes lenhosas, cascas e serragens de angiospermas não resinosas.

Tal substância é bastante porosa, e possui grande capacidade de captar e reter, em seu interior, substâncias tóxicas, impurezas, micro-organismos e gases oriundos da decomposição alimentar intestinal, de forma rápida. Assim, dentre suas diversas aplicações, o carvão vegetal ativado é bastante utilizado na medicina natural, com o intuito de prevenir ou tratar diversos males, como envenenamento, intoxicações por medicamentos ou alimentos, problemas relacionados ao sistema gastrointestinal (tais como diarreia, desconfortos abdominais, gases, mau hálito, aftas e dores de estômago) e icterícia (por adsorver¹ a bilirrubina).

Seu uso é feito, geralmente, a partir da ingestão de cápsulas, ou de seu conteúdo granulado juntamente com água ou outros líquidos. Nesses casos, as substâncias tóxicas, assim como o carvão, são expulsas do organismo juntamente com as fezes. Em outras situações, ele é utilizado externamente, por exemplo, no tratamento de feridas; em infecções superficiais, como furúnculos, hordéolos e úlceras provocadas pela varíola; e para adsorver veneno ou outras substâncias tóxicas oriundas de animais como serpentes, escorpiões, aranhas, vespas, abelhas e águas-vivas.

O carvão vegetal é utilizado desde o antigo Egito para purificação de óleos e para aplicações medicinais. Na Segunda Guerra Mundial foi utilizado para remoção de gases tóxicos devido a sua capacidade absorvente sendo um material extremamente poroso. No Brasil, literaturas fazem referências ao uso do carvão entre os indígenas misturado às gorduras animais no tratamento de tumores e úlceras malignas. Por sua rapidez na ação era utilizado pelos índios em picadas de cobras e aranhas. Uso interno e externo.

Propriedades Medicinais do Carvão Vegetal:

Suas propriedades adsorventes são determinadas não somente por sua estrutura porosa, mas por sua constituição química. É um notável condutor de oxigênio, sendo um extraordinário eliminador de toxinas. Devido à rapidez de ação, o carvão vegetal é considerado um agente útil no tratamento de envenenamentos. O carvão ativado se liga ao tóxico residual no lúmen do trato gastrointestinal e reduz rapidamente a absorção deste. O carvão ativado pode interromper a circulação entero-hepática das drogas tóxicas e aumentar o ritmo de eliminação de tóxico no organismo.

O carvão vegetal atua como protetor gastrointestinal, pois adsorve substâncias que, em contato com bactérias intestinais, contribuem para a produção de flatulência e sensação de desconforto. O carvão vegetal adsorve os gases produzidos pela fermentação intestinal e elimina as dores abdominais, causadas por eles.

Fontes

___ ¹ Fixação de moléculas de uma substância na superfície de outra substância

Abacate

Infusão: Despeje um litro de água fervente sobre 10 folhas de Abacate. Beba ao longo do dia.

carminativos.txt · Last modified: 2019/05/25 19:08 (external edit)