Site Tools


centella_asiatica

Centella asiatica

Nomes científicos e populares

Hydrocolite asiatica L. - Também conhecida como Centella, Centella Asiática, Pata-de-Cavalo, Pata-de-Burro, Pata-de-Mula, Codagem, Cairuçu-Asiático, Gotu-Kola, Hidrocotile, Indian Navelwort, Indian pennywort (Inglaterra), Pegaga (Malasia), Idrocotile (Italia), Cairu-su, Coai-ru-su, Acariçoba Miúda, Erva Capitão etc.

Informações Botânicas

Erva perene trepadora, da família das umbilíferas.

É originária das zonas subtropicais da Índia, Indonésia,Paquistão, Sri Lanka, Madagascar, Malásia, Europa Oriental e zona meridional dos Estados Unidos. É encontrada no leste europeu e também em países da América do Sul como Brasil e Venezuela.

Cresce espontaneamente em zonas úmidas, sombreadas e pantanosas.

Princípios Ativos

Ácidos: linoléico, palmítico, oléico, lignocérico, esteárico cêntico, centóico, betulínico e isobrâmico; Alcalóide: hidrocotilina; Substância Amarga: velarina; Glicosídeo: asiaticosídeo; Flavonoides: Kampferol, 3-glucosil-quercetina, 3-glucosil-kampferol; Vitamina: ácido ascórbico (vitamina C); Triterpenos: asiaticosídeo, madecassosídeo, centelosídeo, brahmosídeo, thankunisídeo, isothankunisídeo; Óleos Essenciais: cânfora, cineol e n-dodecano; Sapogeninas: ácidos asiático, madecássico, centélico, indocentóico, brâmico, thankúnico e isotankúnico; Açúcares: glicose, arabinose, frutose e ramnose; Outros: Resina, ácido péctico, taninos (9-24%), óleos voláteis ( farneseno, germacreno e cariofeno), felandreno, fitoesterois (estigmasterol, ß-sitosterol, campestol), mucílagos, pectina, poliacetilenos (partes subterráneas), r-cimol, a-pineno, metanol, óleo alil mostarda e grandes quantidades de trans-b-farneseno, germacreno D e b-cariofileno.

Indicações e Usos

Na medicina tradicional chinesa, a Centella Asiática é considerada a planta da longevidade. Ela age como tônica para as glândulas endócrinas e para o sistema nervoso, ampliando a capacidade de memorização, atenção e concentração.

Atua como desintoxicante, calmante, refrescante, tônico capilar, reguladora do tecido conjuntivo, vasodilatadora periférica.

É antibacteriana, antiviral, anti-inflamatória, antidepressiva, anti-úlceras, antioxidante, cicatrizante, diurética e estimula a circulação.

É usada em tratamentos de asiedade, sífilis, varizes, diarréia, leucorréia, reumatismo, artrites, hemorróidas, cãimbra, formigamento, febre, recuperação pós-cirúrgica, flebite, inchaço e cansaço das pernas, desordens intestinais e urinárias, insuficiência venosa, constipação, disúria, doenças do aparelho genital feminino, doenças venéreas, epistaxe, escrófulas, hematêmese, icterícia, sarampo, inflamação nos olhos, senilidade.

O extrato da planta estimula a mitose celular, sendo tradicionalmente usado em casos de lepra e problemas de pele em geral, como afecções cutâneas, eczema, furunculose, lúpus, úlceras varicosas, hematomas, rachaduras, varizes, psoríase, feridas, úlceras de pele, icterícia, quelóides, manchas, queimaduras etc.

Normaliza a produção de colágeno, permitindo a liberação da gordura localizada e ajudando a eliminar as celulites.

Modos de Usar

  • As folhas podem ser consumidas em saladas, vitaminas e como tempero;
  • Compressas frias: inflamação nos olhos;
  • Óleos de massagem corporal: estimula a circulação e promove a drenagem linfática;
  • Cataplasma: contusões, fraturas, torceduras, furúnculos e problemas de pele, em geral;
  • Banho: amassar em um pilão dois punhados da planta picada e por em infusão em ½ litro de água fervente. Abafar por 10 minutos. Tomar um banho morno e em seguida friccionar energicamente a loção com um pano sobre a área afetada. Esperar 15 a 20 minutos e tomar um novo banho;
  • Decocção ou Infusão: Para meio litro de água fervente, adicione uma colher de sopa da erva. Abafe por dez minutos. Tome de 2 a 3 xícaras ao dia.

Toxicidade

Não há referência na literatura consultada de contra-indicações do uso da centella.

Em doses elevadas pode produzir sintomas como atordoamento, vacilações dos membros, enfraquecimento, cefalalgia, foto-sensibilidade, irritação gástrica, aumento do colesterol, náuseas efeito sedante.

centella_asiatica.txt · Last modified: 2019/05/25 19:08 (external edit)